RESENHA: Sonata em punk rock

A nova protagonista de Babi Dewet é Valentina ou Tim, como prefere ser chamada. Com punk rock na veia, é aceita na Academia Margareth Vilela: uma escola de música clássica. Mas, o que uma garota com um estilo totalmente contrário faria naquele lugar? Sendo que não tinha dinheiro e nem uma reputação como os outros estudantes, exceto pelo seu sobrenome: Gontcharov.

Narrado em terceira pessoa, o primeiro livro da trilogia Cidade da música conta a história de Tim. Uma garota inteligente, rebelde e totalmente punk rock que é aceita em uma das melhores academias de música do país. Para realizar seu sonho de ser uma grande artista, Tim muda-se para a tal Cidade da Música e entra em um mundo totalmente novo.

100_1543

Em boa parte da obra, Valentina sente-se deslocada dos demais alunos. Todos pareciam ter nascido com um violino dentro de casa, já a garota não tinha sequer visto um instrumento desse pessoalmente, exceto sua velha guitarra.

Kim é o melhor pianista da academia e filho da diretora. Não vai muito com a cara de qualquer pessoa e a segunda vista, não foi com a cara de Valentina, justamente pelo seu estilo ser diferente das outras pessoas.

A história é bem simples e gostosa de ler. Basicamente, é uma garota correndo atrás de seus sonhos, de mostrar que pode ser melhor do que muitos pensam e faz de tudo para conseguir. Ela não se importa em ser diferente, gosta disso.

Cada capítulo é o nome de uma música, então, coloque os fones de ouvidos antes de iniciar a leitura. Além das diversas referências que a autora espalha pelo livro. Juro que depois de ler, sou capaz de reconhecer muitas músicas clássicas e estou com uma louca vontade de aprender a tocar piano.

100_1556.JPG

A finalização do livro é exatamente como eu esperava, até comentei com a Babi sobre isso e ela concordou comigo, infelizmente, se eu contar aqui perderá toda a graça. Uma coisa eu garanto: o final não decepciona e dá muita esperança.

Nome: Sonata em punk rock
Autora: Babi Dewet
Editora: Gutenberg
Nº de páginas: 300
Ano de edição: 2016

Anúncios

20 comentários sobre “RESENHA: Sonata em punk rock

  1. Oi Amanda!
    Só li um livro da Babi e foi o primeiro da trilogia Sábado a Noite e gostei demais da forma como a autora escreve. Desde que vi o lançamento de Sonata em Punk Rock, fiquei bem curiosa em relação a leitura e fico feliz em saber que é sobre uma garota em busca dos sonhos, e também sobre música que são temas que gosto muito. Já está na minha lista de leitura.
    Beijos.

    Curtir

  2. Oi, Amanda!
    Que crueldade deixar esse enorme ‘gostinho de quero mais’ com sua resenha *o* Mas, brincadeiras à parte, menina, valeu por aumentar o meu interesse nessa história. Quero tanto ler algo da Babi, provavelmente irei começar por esse lançamento mesmo, hehe; deve ser mesmo muito inusitada para os estudantes de um colégio de música clássica se deparar com alguém fascinado por um estilo de música tão diferente, mas, né, cada um é cada um, e brilha a sua maneira, não é mesmo? Valeu a dica!
    Beijos!

    Curtir

  3. Oiiii Amanda, como vai?
    Aiiii quero saber tudinho agora e quero mais com a sua resenha assim, confesso que raramente leio livros assim e de certa maneira esse me pegou de jeito, achei a edição um arraso e além do mais o autógrafo dela me deixou babando aqui, quero comprar assim que der o quanto antes.
    Beijinhos

    Curtir

  4. Oi Amanda, tudo jóia?
    Comprei meu livro na Bienal também!
    Preciso começar dizendo que a Babi nunca me desaponta. Desde Sábado à noite sou simplesmente apaixonada por tudo que ela faz.
    Quando comecei a ler Sonata em Punk Rock no avião voltando da Bienal do livro, já fiquei encantada com o primeiro capitulo e com o avanço da leitura a história se torna mais e mais contagiante e fica impossível parar de ler.
    Fiquei muito feliz com os temas abordados: a sororidade entre garotas que é muito comentado e muito importante hoje em dia, o empoderamento da Tim e como ela é forte e poderosa. São temas como esses que deixam o livro mais poderoso, importante e incrível.
    Um dos melhores livros que li esse ano, e mal posso esperar pelo volume 2 de Cidade da Música.
    Beijos!

    Curtir

  5. Oi !

    Adooro livros que contém música, e esse ao contrário da outra trilogia da autora, eu já morro de vontade de ler! Me pareceu bem filme de sessão da tarde, sabe? Se você diz que ficou com vontade de tocar aprender a tocar depois da leitura, esse livro vai vir pra mim no momento certo, pois to numa fase bem musical.
    Beijocas

    Curtir

  6. Oi Amanda!

    Tô bem vendo várias pessoas lendo esse livro pela blogosfera, mas acho que ainda não me chama muito atenção. Gostei da parte de Valentina ser uma menina decidida que quer ver seus sonhos realizados, mas a história em si me parece um pouco clichê… Não entendo o porquê de as pessoas não irem com a cara de outras pessoas só pelo fato de ela ser diferente. Eu sei que acontece, mas nunca vai entrar na minha cabeça. Mas uma coisa eu posso afirmar: fiquei curiosa para saber que final é esse.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com.br/

    Curtir

  7. Oie, bom dia!
    Eu sou doida pra ler algum livro da Babi, e ‘Sonata em Punk Rock’ está na minha lista de desejados. Gostei dessa mistura de estilos que a autora usou nessa obra, principalmente por conta de Tim ser totalmente o oposto do lugar onde foi estudar. Fiquei com um pé atrás com esse Kim, mas sinto cheiro de romance no ar.
    Eu não sabia a respeito das referências musicais dentro do livro, muito menos que cada capítulo tinha o nome de uma música: mas, pelos seus comentários, acredito que seja uma playlist encantadora e que tenha tudo a ver com as situações dos personagens!
    Não sabia que se tratava de uma trilogia (em que mundo eu vivo?!), mas mesmo assim quero me aventurar nessa história.
    E sobre as aulas de piano: você deveria investir e ver se gosta!

    Beijos
    http://www.procurei-em-sonhos.com

    Curtir

  8. Oi Amanda, sempre quis conhecer as histórias da Babi, pelo menos desde que vi o primeiro livro, mas isso faz tanto tempo que não sei mais se me identificaria com a leitura, sinto que as histórias da autora tem um tom bem juvenil que não combina muito com o meu gosto ultimamente. Mas lendo sua resenha me senti tentada, é como se você transmitisse na sua resenha como o livro é leve e gostoso, algo despretensioso. Talvez um dia eu leia entre um livro denso e outro.

    Curtir

  9. Olá, Amanda. Sou louca para ler os livros da Babi tem uns 3 anos ou mais, lembro que na época ela estava lançando Sábado a Noite, se não me engano. Até hoje não consegui realizar a leitura de nenhum livro dela, infelizmente.
    Não conhecia esse livro dela, mas a capa é um amorzinho e adorei saber que a cada capítulo tem uma música diferente. Livro e música é uma mistura perfeita.
    Fiquei com pena da Tim por ser sentir tão deslocada, mas também fiquei curiosa para saber o desenrolar da história entre ela e Kim, aliás, até os nomes combinam, haha. Ótima dica e resenha!

    Curtir

  10. Oi, Amanda!
    Ai os livros da Babi…. amo todos! haha
    Estou lendo Sonata em Punk Rock nessa semana e adorando! E muito verdade, no geral, a história é sobre essa garoto incrível que está correndo atrás dos seus sonhos e está provando para todo mundo que pode sim, ser o que ela bem entender. E o Kim gente? Ai D:
    Ah! E tu conseguiu autógrafo com a Babi também! ~o livro fica super lindão com o autógrafo em caneta roxa né? To gamadona no meu haha
    Bjus!

    Curtir

  11. Eu adorei a capa do livro e a ideia.
    Mas me pareceu bem mais do mesmo, sabe? Que eu já vi a história tantas vezes que estou meio cansada. Se bem que o fator música – que sou apaixonada por vários estilos – me faz ficar com uma pontada de vontade de arriscar a leitura. Isso, somado ao que você comenta sobre o final me deixou curiosa e querendo saber o que acontece, então, talvez eu dê uma chance ao livro 🙂
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    Curtir

  12. Oi Amanda, tudo bem?
    Tenho vontade de ler esse livro e a Babi Dewet vem para minha cidade na sua turnê, então pretendo aquirir o livro lá.
    Que bom que a leitura foi boa e simples, tem momentos que desejo uma leitura assim. Adoro música e quando tem história sim fico animada, então espero fazer uma boa leitura.
    Acho a capa linda!
    Beijos!

    Curtir

  13. Oi, tudo bom?
    Adorei a sua resenha. Acredita que até hoje ainda não li nada da Babi? Embora tenha o primeiro volume de Sábado a noite aqui, até queria ler ele este mês, mas acho que não vai dar :/
    Essa capa é um amor. Mega delicada. Que legal saber que a cada início de capítulo tem uma música, esses pequenos detalhes fazem toda a diferença. Fiquei curiosa, como a Tim, vai se sair nesta escola? Dica mais que anotada.

    Bjux 😉
    http://entrelinhasalways.blogspot.com.br/

    Curtir

  14. olá!
    Achei legal enfiar uma rockeira numa escola de música clássica, é bem nada a ver e ao mesmo tempo super interessante. Fiquei tentada a saber como a garota vai se sair nesse meio, porém, a história não parece ter nada grandioso que me chame totalmente a atenção. Ainda assim, parece ser uma leitura gostosa mesmo e a capa é super fofa.

    Curtir

  15. Oi Amanda, sua linda, tudo bem?
    Eu adoro quando os autores conectam suas histórias com música!!! O envolvimento, pelo menos comigo, é muito maior. Estou louca para ler esse livro, acho linda essa mensagem de nunca desistir de lutar por nossos sonhos e torço para que ela fique junto com o filho da diretora, risos… Mas como é uma trilogia, já vi que tem muita história vindo por aí!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s