Por que Jornalismo?

Estou no primeiro semestre de Jornalismo. Para chegar aqui eu tive que pensar muito por medo de tomar a decisão errada. E sinceramente? Não me vejo fazendo outra coisa a não ser isso.

Por que Jornalismo, Amanda? Bom, durante todo o ensino médio minhas opções mudavam drasticamente. Já pensei em cursar psicologia, nutrição, letras, secretariado executivo e por fim cheguei em jornalismo. Minha justificativa até hoje resume-se em gostar de ler e escrever. Simples assim. Entre todas as profissões, jornalismo é a única profissão que conheço que se pode ganhar dinheiro fazendo apenas isso. É o que eu gosto. É o que me vejo fazendo.

Eu pesquisei muito para saber se era realmente isso que eu queria da minha vida. Quando iniciei o blog a minha intenção era acompanhar meu desenvolvimento antes, durante e depois da faculdade, com isso, acabei conhecendo outros blogs também escritos por jornalistas e para este post, convidei duas jornalistas dos blogs mais legais sobre a profissão que encontrei.

12469537_1668821476709425_1309125078685187527_o
Stephany Ramos, 20 anos.       Blogueira do Jornalista à deriva.

Já terminou a faculdade? Se não, em qual semestre você está?
Ainda não terminei, estou no meu último ano, mais precisamente, no sétimo período.

Porque escolheu cursar jornalismo?
Costumo dizer que o jornalismo me escolheu. Eu não sabia o que ia fazer até os acréscimos do segundo tempo. Foi então que aconteceu um evento na minha faculdade, para os alunos do ensino médio conhecerem a instituição. Nisso, algumas professoras vinham falando na minha cabeça que eu poderia me dar bem no jornalismo e a visita só veio para reafirmar e acender essa paixão encubada.

Quando entrou na faculdade, qual área pretendia atuar? Sua opinião mudou ao longo do curso?
Acho que a maioria entra na faculdade de jornalismo sonhando com as câmeras. Eu nunca tive uma paixão específica muito forte. Tenho minhas preferências, mas ainda não sei para qual área quero seguir especificamente. Gosto de tudo um pouco e aproveito para aprender sobre todas.

Qual matéria você mais gostava e porquê?
Que pergunta difícil! Vale mais de uma? (risos) Gostei muito da aula de diagramação, de rádio e de telejornalismo.

Conte um pouco sobre alguma experiência profissional dentro do seu curso (algum trabalho de final de semestre) e quais lições você aprendeu com ela.
O terceiro ano foi bem crucial. Tivemos muitos trabalhos práticos na área de impresso, rádio e TV. No impresso, tínhamos um jornal inteiro para fazer, desde a escolha das pautas, produção das matérias, fotografias, diagramação e a publicação. Nesse, fui a responsável por diagramar o jornal em seu projeto gráfico e mandá-lo para impressão. Nas aulas de rádio, apresentávamos semanalmente um programa de entretenimento e um jornal, intercalando os grupos. Foi sem dúvidas uma experiência incrível! Pensar nas pautas, gravar sonoras, montar roteiro, buscar entrevistados para o estúdio e apresentar. E a última experiência mais importante sem dúvidas foi o telejornal. Aprendemos tudo na teoria e semana após semanas fomos realizando cada etapa de produção da montagem de um telejornal. Eu, como editora chefe, liderei meu grupo durante as reuniões de pauta, as gravações e edições das matérias, escolhi a ordem de cada nota e VT, fiz o script e operei a mesa de corte das câmera. Foi sensacional produzir o jornal que foi apresentado ao vivo no nosso estúdio. Deu trabalho, mas faria tudo novamente com o maior amor.

 

1918577_444354739093588_3112636599577885382_n
Flávia do Carmo, 20 anos.        Blogueira do Jornalista Curiosa

Já terminou a faculdade? Se não, em qual semestre você está?
Estou no 5° semestre.

Porque escolheu cursar jornalismo?
Na verdade o jornalismo me escolheu. Eu nunca me imaginei na área de comunicação, sempre estive envolvida no universo de música, eu toco piano e violino, e tocava em casamentos, então nunca me peguei pensando em qual faculdade seguir, porque era certo que faria faculdade de música, porém, o destino me surpreendeu com a vontade de fazer jornalismo. No início, eu não acreditei que daria certo, mas por sempre gostar de ler e escrever, resolvi arriscar. Hoje eu tenho certeza de que foi a melhor atitude que eu tomei.
Sou apaixonada pela minha área! Mas ainda irei fazer faculdade de música!

Quando entrou na faculdade, qual área pretendia atuar? Sua opinião mudou ao longo do curso?
Eu entrei pensando em trabalhar em redação por gostar de ler e escrever, mas hoje eu quero trabalhar em TV, me apaixonei por essa área!

Qual matéria você mais gostava e porquê?
Adoro as matérias práticas! (risos) TV, Rádio, Fotografia, Redação são matérias que eu me identifico e consigo aprender com mais facilidade.

Conte um pouco sobre alguma experiência profissional dentro do seu curso (algum trabalho de final de semestre) e quais lições você aprendeu com ela.
Minha primeira matéria num jornal impresso foi na eleição de 2014 e se tornou muito especial, me deu o sentimento de dever cumprido. Fico emocionada sempre que pego o jornal e leio a MINHA matéria!

Concordo com elas, a parte de telejornal é muito legal! (apesar de não ter chegado lá ainda haha). O bom – ou ruim – do jornalismo é a área de atuação. É enorme! Redação, assessoria de empresa, telejornal, rádio, fotojornalismo… É muita coisa legal.

Infelizmente sou incapaz de responder essas perguntas no momento, mas eu aprendi muito com as duas. Nessa entrevista e nos posts/vídeos que elas fazem. Muito obrigada Stephany e Flávia por me ajudarem com esse post que eu já estava planejando a um tempo, não poderia ter escolhido outras pessoas a não serem vocês!

Anúncios

13 comentários sobre “Por que Jornalismo?

  1. Quando entrei na faculdade de Comunicação Social já estava decidida por publicidade e propaganda, eu amei a faculdade também, mas a pouca experiência que eu tive não me fez feliz. Lembro de aulas que puxei de jornalismo e tinha gostado também, hoje quero muito terminar jornalismo, na época era um ano e meio a mais, hoje já não sei. Na época não pude continuar, mas não vejo a hora de entrar em uma faculdade de jornalismo e terminá-la. O lado bom dela é essa gama de áreas diferentes para atuar.

    Amanda, se seu coração te manda para essa área é essa área que você tem que seguir, se começar a perceber que não é isso, sai e parte pro que seu coração está apontando. A vida é assim, precisamos abrir mão de algumas coisas para nos jogar em outras. Às vezes a gente até volta atrás pela segunda vez, mas pelo menos não teremos o peso de não ter tentado para o resto da vida. Não caia no afobamento de querer terminar logo a faculdade para ter sua independência, a melhor parte da sua vida será acadêmica, você pode fazer tudo o que quiser, no tempo que quiser, então faça tudo o que tiver direito. Aproveite mesmo. Aconselho pegar estágios de todas as áreas possíveis para você saber qual gosta mais na prática, até porque no futuro vão te cobrar experiência e para trocar de área da que você estará dentro será mais difícil se não tiver outras áreas no currículo. Ou seja, quanto mais experiência em áreas diversas melhor!!

    Um tempo atrás estava na faculdade de Biblioteconomia, achava que era isso que eu queria, mas as aulas não me agradaram. Está abandonada por enquanto. Puxei até umas aulas de nutrição para ver no que dava. kkkk

    Mas pelo que vejo, estou na área certa, só não descobri a subárea para mim.

    Boa sorte nessa caminhada!! 🙂

    Beijos, Thay Rocha
    http://www.leitoranamoda.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

    • Thay, você é maravilhosa! Muito obrigada por todas essas lindas palavras. A cada dia que vou à faculdade eu tenho a mais absoluta certeza que é onde eu deveria estar o tempo todo. Não me vejo fazendo outra coisa. Publicidade também é um curso muito legal, mas sempre tem algo que me puxa para Jornalismo rs. Siga seu coração também e termine esse um ano e meio de Jornalismo, vale muito a pena! Nos blogs da Stephany e da Flávia você ficará ainda mais apaixonada por essa área. Elas cessam todas as minhas dúvidas sempre que conversamos. Boa sorte para você também ❤

      Curtido por 1 pessoa

  2. Eu demorei muuuito tempo pra decidir qual área eu me encaixava melhor. Tentei administração, pedagogia, e nesse ano cheguei a prestar vestibular pra direito. Mas, no dia de fazer a matrícula eu tomei coragem e falei “Acho que me encaixo mais em comunicação social”, escolhi Publicidade, mas na minha turma tem uma galera de Jornalismo.
    Eu não consigo, sinceramente, falar que publicidade ou jornalismo é melhor. Eu simplesmente me encontrei e tô apaixonado pelos dois.
    Inclusive ontem, conversei com uns veteranos de Jornalismo, as matérias práticas parecem incríveis. Achei todo mundo bem divertido, auto astral e proativos, acho que vou aprender muito com a turma do jornalismo.
    Mesmo não sendo o mesmo campo, andam juntinhos. Então boa sorte pra nós, calouras! rs
    http://www.normaldemais.com

    Curtido por 1 pessoa

    • Realmente, PP e JO são incríveis! Mas as aulas práticas de jornalismo… São incríveis! Quero fazer um curso no SENAC chamado Apresentador de TV. Uma colega de classe fez e os vídeos que ela manda das aulas práticas são incríveis! Boa sorte pra você, linda. Tenha muito sucesso nessa profissão incrível que é a Publicidade.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s